domingo, julho 29, 2007

[Música, séries] Breve História do Jazz (7) - A Original Dixieland Jazz Band


Agora já estamos falando de jazz! As primeiras gravações desse gênero não apareceram antes de 1917. Muitas lendas de Nova Orleans da primeira década do século passado morreram sem deixar registros e é curioso que todos os músicos desse estilo só fossem pisar pela primeira vez em um estúdio na cidade de Chicago.

A emigração ocorrida para o norte – mais industrializado, mais tolerante, mais rico – afetou 80% da população negra nas primeiras décadas do século XX; médicos, advogados e gente de todo o tipo saiu do Sul atrasado e agrário em busca de oportunidades. O Sistema ferroviário foi substituindo gradualmente o de Barco a Vapor como principal setor de transportes dos Estados Unidos, abrindo focos comerciais por toda parte. Nova Orleans perde a importância no mapa como porta de entrada do comércio do Sul e Chicago era uma promessa de uma nova vida.

Muitos músicos também emigraram e entre eles, cinco garotos brancos de Nova Orleans que foram os primeiros a realizar a primeira gravação de jazz da História. Por que em Chicago? Pelas razões que citei anteriormente. Por que um grupo de brancos? Por puro racismo.

A “Original Dixieland Jazz Band” era uma no meio de tantas outras bandas de Nova Orleans que estava experimentando o swing do ragtime com as improvisações coletivas que Buddy Bolden havia iniciado. Tinha a formação clássica do jazz inicial com corneta, trombone e clarinete à frente, mas não foram os criadores do jazz. Somente quando grandes nomes da música de Nova Orleans como King Oliver e Jelly Roll Morton gravam em Chicago, é que se pode ter idéia da música que se tocava no inicio do século e que era jazz.

Sem dúvida alguma, deve-se ao grupo uma grande contribuição ao conhecimento do grande público da música feita em Nova Orleans. A Original Dixieland Jazz Band viajou por toda a América e chegaram à Europa onde fizeram concertos privados à família Real Inglesa e até participações nas celebração do Tratado de Versalhes.
Não foram os criadores do Jazz, tão pouco os melhores músicos, mas por serem os primeiros a registra-lo e levá-lo ao outro lado do continente, têm o seu lugar permanente na História do Jazz.

2 comentários:

Nina disse...

que legal, Márcio! Existe disco dessa galera?

Marcio Menezes disse...

Exissssssssssssssste Nina!!!Esqueci de botar pro Michel baixar!!!...lástima!!!