quinta-feira, maio 22, 2008

[literatura] O escuro mundo de Bukowski

"...Encontrei ali um hotel barato (...) e fiquei na cama, bebendo. Estive bebendo durante um certo tempo, três ou quatro dias. Não consegui levantar para ler as ofertas de trabalho. A idéia de me sentar em frente a um homem sentado detrás de uma escrivaninha e contar a ele que queria um trabalho, que estava capacitado para fazer este trabalho, era demais para mim. Francamente, estava horrorizado com a vida, com tudo que um homem tinha que fazer só para comer, dormir e poder se vestir. Então, ficava na cama e bebia..."

"...Encontré allí un hotel barato (...) y me quedé en la cama y bebí. Estuve bebiendo durante un cierto tiempo, tres o cuatro días. No conseguí levantarme para leer las ofertas de trabajo. La idea de sentarme enfrente de un hombre sentado detrás de un esritorio y contarle que deseaba un trabajo, que estaba capacitado para hacer este trabajo, era demasiado para mí. Francamente, estaba horrorizado de la vida, de todo lo que un hombre tenía que hacer sólo para comer, dormir y poder vestirse. Así que me quedaba en la cama y bebía..."

Do livro Factotum (acho que em português se chama Misto-quente)

4 comentários:

Marcio Menezes disse...

Salve o mestre! existencialismo puro!! Outra dose!

Marcio Menezes disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Manu disse...

Quisera eu ter um avó assim...
Henry Chinanski comanda!

Zócrulos disse...

Factotum foi o filme que fizeram baseado no seguimento da história da vida de Henry Chinaski após o livro Misto-quente.
Recomendo "Barfly", filme que tem roteiro escrito por Bucowski...Sr Chinaski novamente é o protagonista.

E, desse uma dose a mais!