segunda-feira, fevereiro 09, 2009

[mundo] Call Center da Polícia

A cena já seria surreal em uma situação normal. É muito pior tendo acontecido um mês depois da implantação da lei do Call Center.

Sábado à noite. Pela primeira vez na minha vida - por um motivo que agora não vem ao caso - precisei ligar para a polícia. Disquei 190 e me surpreendi com a resposta do outro lado: Für Elise, de Beethoven (também conhecido como a "música do caminhão de gás") e uma gravação do tipo "tenha seu endereço a mão ao ser atendido. Enquanto isso, mantenha a calma" (!!!!).

Surreal, não acham? Mais surreal ainda isso ter durado uns 10 minutos, que seriam mais se eu não tivesse contrariado as ordens da gravação, perdido a calma e desligado o telefone. Liguei de novo. O mesmo. Ainda bem que não tinha ninguém tentando me matar...

4 comentários:

Chica X disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!
chorei de rir, amiga, desculpe...nem parece coisa desse mundo!

Nina Guimarães disse...

Pois é, baby, só faltou um menu do tipo: Se você está sendo assassinado, tecle 1. Se está sendo seqüestrado, tecle 2. Se é apenas um assalto, tente mais tarde.

maria disse...

ligando daqui de brasília uma vez eu dizia prá moça do outro lado da linha: é setor comercial sul! e ela perguntava: isso é asa norte ou asa sul??

9h disse...

Que textinho mais espirituoso e bem escrito. Parabéns peque!