sábado, agosto 23, 2008

Olhares da favela

Sempre ocultando-se detrás de óculos escuros e chapéu, o ousado fotógrafo francês JR (para guardar o anonimato) segue com suas inusitadas exposiçöes. Seu mais recente trabalho tem como galeria as ruas da favela Providência, no Rio de Janeiro. Com o auxílio do fotógrafo Maurício Hora, nascido na regiäo, ele entrou em contato com a comunidade local e obteve autorizaçao para atuar na área.

Várias fotos gigantes em branco-e-negro (característica de suas obras para contrastar com a publicidade nas ruas) cobrem casas, muros e escadas da favela com expressöes faciais marcantes. Elas fazem parte da série Women Are Heroes, projeto que recorre o mundo para retratar pessoas que vivem em áreas de conflito.

JR se define em sua página web como um artivista. Seus trabalhos tratam de temas como compromisso, liberdade, identidade e limites. Em março de 2007 ele realizou o que chama de "a maior exposiçäo ilegal de fotografia do Mundo". Colou enormes fotos de islaelitas e palestinos de mesma profissäo uma ao lado da outra nos dois lados do muro construído por Israel. Foi a forma que encontrou para se manifestar pela paz na regiäo.

Uma de suas fotos está em exposiçäo até o final do mês na fachada do Tate Museum, em Londres. Dessa vez autorizada, está acompanhada por obras dos grafiteiros Blu, Gêmeos, Faile, Sixeart e Nunca.

Mais fotos e vídeos das obras do artista estäo em www.jr-art.net.




3 comentários:

Nina disse...

Graaaaaande, Puca!!! Mandou no post, hein? O lnk tb vale uma olhada, galera.

9h disse...

Quebrou tudo na recomendação Arapuca!

Zócrulos disse...

Muito interessantis,grande Arapucation!